Movimento, adaptabilidade e reprodução celular

Movimento celular

A capacidade das células de se moverem em um ambiente líquido ou aeriforme ocorre através de movimentos diretos ou indiretos. O movimento indireto é completamente passivo, por meio do vento (é o caso do pólen), por meio da água, ou com a torrente circulatória. Um tipo especial de movimento indireto é o movimento browniano, que é realizado colidindo as células com moléculas coloidais contidas em um meio; esse tipo de movimento é muito irregular (zig-zag). O movimento direto é característico de algumas células que devem possuir algumas peculiaridades: células amebóides, células ciliadas, células musculares.

O movimento das células amebóides é caracterizado pela emissão de substâncias celulares (pseudópodes). Essas ramificações podem ser emitidas em qualquer ponto da parede celular, mas quando são expulsas em uma determinada direção e sempre nessa, elas permitem pequenos movimentos da célula. Com este mecanismo, os leucócitos, as células migratórias do conjuntivo, os histiócitos e os monócitos se movem. A velocidade do movimento não é mais do que alguns mícrons por minuto. As células ciliadas e flageladas são, ao contrário, capazes de realizar o chamado movimento vibrátil, por meio de organelas de filamentos estavelmente implantadas nas células, chamadas flagelos e cílios. Os flagelos são um elemento classificador de toda uma classe de protozoários chamados precisamente flagelados: no homem eles são encontrados apenas no espermatozóide; os cílios, por outro lado, são muito mais freqüentes nas células, tanto no reino animal como vegetal: em humanos eles são encontrados na parte livre das células respiratórias, no útero, na tuba, nos ductos eferentes dos testículos. Cada cílio tem dentro do citoplasma um corpo sobre o qual está fixo, chamado corpúsculo basal.

Os filamentos realizam dois tipos de movimento: um rotatório, para o qual o flagelo é parafusado, e um oscilatório, semelhante ao da cauda do peixe; o resultado desses movimentos pode ser tanto uma propulsão da célula quanto uma retração.

O último tipo de movimento ao qual as células são submetidas é o movimento muscular: para este movimento apenas as células musculares lisas e estriadas são submetidas e consiste na contração de elementos diferenciados particulares contidos no interior da célula chamados miofibrilas. A contração de miofibrilas e, conseqüentemente, de toda a célula muscular, nunca é espontânea, mas sempre ocorre após excitação causada por impulsos nervosos.

Adaptabilidade celular

Este termo refere-se à capacidade de uma célula para reagir aos estímulos do ambiente externo e ser capaz de se adaptar a ela para alcançar as melhores condições de vida. Os estímulos podem ser de vários tipos e não necessariamente prejudiciais à vida celular; dependendo da nocividade ou não do estímulo, a célula responde com um movimento que pode ser de orientação (tropismo) ou distância (táxi). Tanto o tropismo quanto as taxas podem ser negativos se a célula se afastar rejeitando o estímulo, ou positiva se o elemento se aproximar da fonte de estímulo. Uma menção particular merece a quimiotaxia, isto é, o movimento celular em direção a uma determinada substância química que está em maior concentração útil (quimiotaxia positiva) ou a remoção dela (quimiotaxia negativa).

Reprodução celular

A divisão celular é um processo essencial para a continuação da espécie: de fato, em todos os seres vivos, tanto animais como plantas, as células não podem originar-se senão pela divisão das células mãe anteriores. Para um indivíduo já concebido, a divisão celular leva à sua morfogênese, isto é, no óvulo fertilizado todos os esboços embrionários que dão origem aos órgãos isolados são construídos: é o meio de seu crescimento através do qual de um recém-nascido pequeno chega ao indivíduo maduro. Finalmente, a divisão celular é o único meio disponível para o ser vivo para o reparo de perdas devido a razões fisiológicas ou trauma. Existem duas formas de reprodução celular: divisão direta ou amitose e divisão indireta ou mitose ou cariocinese.

Editado por: Lorenzo Boscariol

Recomendado

Anemia na gravidez - sintomas, diagnóstico, cura
2019
Broncovaleas ® - Salbutamol
2019
Drogas para tratar nefrite
2019